Conteúdo para toda família

Oftalmologia
Instituto Nehemy Costa

Gestação x

Saúde Ocular

Durante nove meses, período da gestação, a mulher passa por mudanças emocionais, psicológicas e físicas. Muito mais do que uma barriga que não para de crescer ou enjoos, a gestação modifica praticamente todo o organismo da mulher - inclusive os olhos.

É comum que as alterações do metabolismo - do perfil hormonal e da circulação na mulher grávida - afetem o funcionamento da visão.

 

Cuidado redobrado, gestantes!

 

Assim como outras regiões do organismo, os olhos sofrem influência da gravidez. São relativamente comuns no período visão embaçada, olho seco, reações a lentes de contato e aumento de grau de problemas refrativos preexistentes, como miopia, presbiopia, astigmatismo e hipermetropia. A pré-eclampsia — aumento da pressão arterial que eventualmente ocorre a partir da 20ª semana — e o diabetes gestacional, também podem acarretar em perdas graves de visão. O quadro geralmente regride logo após o parto, mas existe a possibilidade de sequelas.

A atenção oftalmológica também deve fazer parte do pré-natal, especialmente de mulheres que já tenham alguma condição preexistente, como alguns tipos de tumores, diabetes, glaucoma e uveítes.

Apesar disso, infecções verticalmente transmissíveis adquiridas na gestação, a exemplo da sífilis, herpes simples, toxoplasmose e do citomegalovírus, podem trazer consequências graves ao feto.

Portanto, toda gestante em seu pré-natal, deve fazer também um acompanhamento com seu oftalmologista.

 

INSTAGRAM

Curta esta página no Facebook

Poste no seu Twitter

© EDITORA MÍDIA LTDA | Av. Conde Ribeiro do Valle, 255 | 2º Andar | Sala 8

Telefone: (35) 3551-2040 | Cep 37800-000 |  Guaxupé | MG